Clicks70
pt.news
1

Um mentiroso: bispo alemão nega permitir "bênção" a uniões homossexuais

"No momento", nenhuma união homossexual pode ser "abençoada", disse o bispo de Limburgo - Alemanha, Georg Bätzing, em 21 de agosto, durante um encontro com público em Oestrich-Winkel.

De acordo com Faz.net (23 de agosto), Bätzing apenas admitiu que "esta questão" está sendo "discutida" na sua diocese.

Bätzing conduziu o seu público com as seguintes palavras: "Se o bispo Georg diz que existem bençãos para homossexuais em Limburgo, então bispo Georg não mais estará por perto, porque o Santo Padre diz que esse bispo não está mais em comunhão com a Igreja."

Entretanto, a realidade na diocese de Limburgo parece assim: Durante o escândalo que surgiu em torno do padre jesuíta Ansgar Wucherpfennig, que foi desmascarado como um notório "abençoador" gay, Bätzing defendeu Wucherpfennig "sem reservas", e deu forte apoio à nomeação de Wucherpfennig como reitor da Universidade Jesuíta Sankt Georgen, em Frankfurt.

Wucherpfennig tem "abençoado" uniões homossexuais há anos, e afirma fazê-lo em nome da diocese de Limburgo.

Esta é uma antiga tática dos bispos alemães: exigir a introdução de abusos que eles já introduziram anos atrás.

Fotografia: Georg Bätzing, © Pressefoto Bistum Limburg, #newsHyqhywqbsy
Horror!