pt.news
120

Vaticano tenta consertar bagunça criada por Francisco

Matteo Bruni, o diretor da Assessoria de Imprensa do Vaticano, tentou em 9 de setembro esclarecer a confusão produzida por Francisco durante sua embaraçosa entrevista à rádio COPE sobre uma reunião com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

Francisco é conhecido por preferir comunistas a políticos cristãos sólidos e corajosos. Bruni protestou que neste domingo, Francisco [da Covid e do aquecimento global] presidirá em Budapeste um “evento espiritual”, acrescentando que ainda não se sabe se Orbán, um protestante, participará da Eucaristia de Francisco junto com sua família católica (esposa, cinco filhos).

IlSismografo.Blogspot.com (9 de setembro) sabe que as palavras imprudentes de Francisco "criaram dificuldades para a diplomacia do Vaticano".

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-NC-ND, #newsCpmuyuqxhf