Clicks168
pt.news

Pelas costas: Impecável prelado do Vaticano é despedido

Francisco demitiu o Monsenhor Robert Oliver, secretário da Pontifícia Comissão para a Proteção de Menores, sem aviso prévio, após 8 anos de serviço.

Oliver mencionou isso com “raiva” durante uma homilia da Sexta-feira Santa em Boston (vídeo abaixo). Alguns dias antes, ele estava no aeroporto de Roma para o que pensou ser uma curta viagem a Boston.

De repente, seu telefone tocou e um jornalista perguntou por que o Vaticano havia anunciado o fim de seu serviço. “Infelizmente, meus superiores em Roma meio que não me informaram”, disse Oliver.

Minutos depois, Oliver recebeu um telefonema do cardeal de Boston, Seán O'Malley, chefe da Comissão Pontifícia para a Proteção de Menores, que lhe disse que "retornaria" a Boston. O'Malley explicou a Oliver que o seu serviço havia durado mais tempo do que o normal e acrescentou sarcasticamente "bem-vindo de volta ao lar".

A formulação de Oliver "meus superiores em Roma" indicava que o próprio O'Malley foi apresentado a um fato consumado pelo vice-secretário de Estado, Peña Parra, que faz o trabalho sujo para Francisco.

Oliver foi, por anos, um membro leigo da Fraternidade Carismática de Leigos com sede em Boston antes de ser ordenado sacerdote. Ele é um trabalhador sincero, honesto e sério que, evidentemente, não se encaixava no regime corrupto latino-americano que Francisco instalou no Vaticano.

#newsYrmtgxdgxs