Clicks132
pt.news

Bom dinheiro: a maior parte vai para Francisco

O Banco do Vaticano (IOR) publica em 11 de junho suas Demonstrações Financeiras anuais, que destacam a solidez e a força das finanças do IOR.

Este minibanco tem apenas 99 funcionários. A Comissão de Cardeais que é responsável pelo banco decidiu dar 75% dos lucros a Francisco ou a entidades específicas do Vaticano e alocar o os 25% restantes para aumentar o patrimônio do IOR.

Estes são os principais dados financeiros do Instituto em 2020:

• € 5,0 bilhões de ativos de clientes, dos quais € 3,3 bilhões são ativos administrados por terceiros ou sob custódia
• € 36,4 milhões de lucro líquido (2019: € 38 milhões; 2018: € 17,5 milhões)
• € 645,9 milhões de patrimônio líquido após a distribuição do lucro de 2020.

O índice TIER 1 atingiu 39,7%. Quanto mais alto for o índice, maior será a parcela do volume de empréstimos que é coberta pelo patrimônio líquido. Por exemplo, JPMorgan Chase tem uma parcela de 15%.

Fotografia: © Mazur, CC BY-NC-SA, #newsZcrppdnfdz