Clicks234
pt.news
2

Arcebispo heróico brasileiro combate "dragão do tradicionalismo"

De acordo com o arcebispo de Aparecida - SP, Orlando Brandes, de 75 anos, "a direita" é violenta e injusta.

Esse foi o conteúdo de uma "homilia" realizada por Brandes a 40.000 católicos na Festa da Nossa Senhora de Aparecida (12 de outubro).

Em vez de pregar o Evangelho, Brandes atacou o "dragão do tradicionalismo" que, de acordo com ele, está "atirando no Papa, no Sínodo e no Concílio Vaticano II".

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, um católico não-praticante, estava presente e recebeu a Sagrada Comunhão. No passado, Bolsonaro foi "rebatizado" por um protestante. Divorciado duas vezes, ele agora frequenta um serviço batista com sua concubina protestante, também divorciada.

A mídia interpretou a homilia do arcebispo Brandes como um ataque contra Bolsonaro. Brandes imediatamente negou, dizendo que ele queria dizer "ideologias" e não governos políticos.

No entanto, ele renovou o seu ataque contra "muitas (sic!) pessoas" que possuem "visões tradicionalistas" e não aceitam Francisco e a Igreja de Francisco.

Fotografia: Jair Bolsonaro, Orlando Brandes, #newsJburmezrfb

Arcebisco heróico? Ridículo!
Heróico? É piada. Tem comunista infiltrado no pt.news agora?