Clicks142
pt.news

Promotora feminina da "teologia" de esquerda dirige a comissão papal

Francisco nomeou Emilce Cuda, representante da "Teologia do Povo", o ramo argentino da "Teologia da Libertação", como chefe da Pontifícia Comissão para a América Latina.

A foto do artigo a mostra ao lado do cardeal Ouellet em 1º de setembro, de alva, em uma mesa de refeição Novus Ordo, assumindo o novo cargo.

Cuda foi formada pelo jesuíta Juan Carlos Scannone, que também foi mentor do padre Bergoglio. Ela apóia os "Movimentos Populares", o amado grupo de nostálgicos comunistas de Francisco.

O historiador argentino Antonio Caponnetto considera Cuda perfeitamente qualificada para trabalhar para Francisco, pois ela não tem fé católica e nem escrúpulos morais para fazer o mal (artigo em alemão aqui).

#newsBgtfgrigom