Clicks157
pt.news

Ruini: o que João Paulo II teria dito aos bispos anticelibato da Amazônia

O cardeal Camillo Ruini, de 88 anos, foi questionado por AciStampa.com (20 de janeiro) o que João Paulo II (+2005) teria pensado sobre as demandas dos bispos amazônicos para abolir o celibato.

Ruini foi Vigário Geral Romano de 1991 a 2008.

Ele responde que renunciar o celibato era "verdadeiramente inconcebível" para João Paulo II (+2005).

Ruini explica que João Paulo II estava "completamente de acordo" com o seu antecessor Paulo VI, que havia "reiterado e aprofundado" as razões pelas quais o celibato do clero deveria ser mantido na Igreja latina.

Quase todos os prelados mais extremistas da Amazônia foram feitos bispos e promovidos por João Paulo II.

Fotografia: Camillo Ruini, © Giuseppe Ruggirello, CC BY-SA, #newsOgeggyhkrn