pt.news
279

Todos os cardeais dos EUA criados por Francisco são acólitos de um "pervertido e mentiroso"

A substituição da doutrina pela política social radical significa a ruína de milhões de fiéis católicos, escreve Daniel J. Mahoney, professor emérito da Universidade Assunção, em AmericanMind.org (20 de setembro).

• Ao dizer que “injustiça planetária”, “mudança climática”, “dívida do Terceiro Mundo” devem ser o foco da Igreja, acrescentando que a política é a “mais alta forma de caridade”, Francisco está canalizando a mais recente filosofia fru-fru da Nova Era.

• Francisco eliminou a religião cristã com ativismo social e política desconsiderados.

• Não há presença visível do pecado original em sua teologia.

• Francisco invoca a necessidade de misericórdia sem o necessário apelo ao arrependimento, transformando a misericórdia em preguiça moral e relativismo.

• Francisco é obcecado pelas mudanças climáticas e as aborda com ideologia, adoração pagã da terra e apocaliptismo secularizado.

• Humanae Vitae de Paulo VI é interpretada como inexistente.

• Todos os cardeais criados por Francisco foram acólitos do Cardeal McCarrick, “um pervertido, mentiroso e abusador por excelência”.

• Francisco historiciza a doutrina cristã, anulando a lei moral imutável.

• Para Francisco, o “Espírito Santo” está de acordo com o decadente Zeitgeist.

• O julgamento particular de Francisco não pode prevalecer sobre a lei moral, a herança apostólica e os ensinamentos imutáveis da Igreja.

#newsGwhxswqjnz