pt.news
101

Francisco segue exemplo de alemães perdedores

A Alemanha perderá vinte milhões de cristãos (50%) nos próximos 40 anos, de acordo com um estudo apresentado pela Universidade de Friburgo.

Os cristãos remanescentes serão anciãos e de pouca fé.

"Nós não entraremos em pânico por causa de previsões" - disse um despreocupado cardeal Reinhard Marx, de Munique, durante uma apresentação do estudo.

Apesar do desempenho abismal da Igreja alemã, a teologia liberal e a ideologia pastoral alemãs têm liderado a Igreja desde o Concílio Vaticano II.

O que a mídia oligárquica chama de "reforma" de Francisco é apenas uma teimosa aplicação de receitas alemãs perdedoras, de modo a derrubar toda a Igreja.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-NC-SA, #newsKqwideudfj