Gloria.tv And Coronavirus: Huge Amount Of Traffic, Standstill in Donations
Clicks166
pt.news

Sarah: Sínodo Pan-Amazônico é "manipulação indigna", "decepção desonesta", "insulto a Deus"

O cardeal Robert Sarah teme que "alguns ocidentais" [leia-se: bispos alemães] usarão o Sínodo Pan-Amazônico para seus objetivos, como sacerdotes casados e sacerdotisas.

Sarah disse a NCRegister.com (23 de setembro) que a universalidade da Igreja exigiria a participação de todos os bispos, "No entanto, pouquíssimos estão convidados para esse sínodo".

Ele chama o fato de que "projetos ideológicos" tiram vantagem de um sínodo particular de "manipulação indigna", "decepção desonesta", "insulto a Deus".

Os ataques contra o celibato vêm dos ricos que financiam igrejas pobres, acrescenta ele: “Precisamos não nos intimidar pelo poder e dinheiro deles”.

Ao dizer que “aqueles que anunciam aos gritos revoluções e mudanças radicais são falsos profetas” Sarah implicitamente acusa Francisco de ser um falso profeta, pois Francisco regularmente anuncia revoluções e mudanças radicais.

Além disso, Sarah vê “toda a civilização ocidental desmoronando”. Enquanto os bárbaros do quarto século, que conquistaram Roma, vieram de fora, agora os bárbaros estão dentro:

“Eles são aqueles que recusam a própria natureza humana, que têm vergonha de serem criaturas limitadas, que crêem si mesmos como demiurgos sem pais e sem herança”.

O cardeal explica que, ao recusar a rede humana de dependência, herança e filiação, esses rebeldes estão condenados a entrar na “selva nua da competição” em uma “economia autossuficiente”.

Questionado sobre a liturgia, Sarah disse que a tornamos uma “celebração totalmente humana e egocêntrica, uma assembleia amigável que é autoengrandecedora. E: “ao saquear a nossa liturgia, desencantamos o mundo e reduzimos almas a uma insossa tristeza”.

Ele testemunha que os jovens têm “absoluta preferência” pela Missa Antiga em Latim, e acredita que precisamos saber a Missa Antiga em Latim para poder celebrar apropriadamente o Novus Ordo.

Fotografia: Robert Sarah, © Michael Swan, CC BY-ND, #newsWkglewwckm