Clicks95
pt.news

Francisco no País das Maravilhas: é necessária “plena” harmonia para contrair validamente o casamento

O Papa Francisco falou em 29 de janeiro à Rota Romana, o mais alto tribunal de apelação da Igreja, sobre o casamento.

Em seu discurso, ele fez a seguinte afirmação quase absurda:

”Para ser validamente contraído, o casamento requer que se estabeleça em cada um dos noivos uma plena unidade e harmonia com o outro, de modo que, através da troca mútua de suas respectivas riquezas humanas, morais e espirituais - quase como vasos comunicantes - os dois cônjuges se convertam em uma entidade única”.

A tática por trás dessa afirmação hipérbólica parece óbvia: Francisco exalta os requisitos para o casamento de uma forma que todo casamento está fadado ao fracasso.

Bai Macfarlane escreve o seguinte em MarysAdvocates.org: “Se a noiva sente que não está experimentando harmonia e riqueza espiritual do outro, para sua satisfação, então ela pode argumentar que seu casamento é inválido”.

Fotografia: © Mazur/catholicnews.org.uk, CC BY-SA, #newsDlivhktkse