Clicks122
pt.news

Governo inocente: foi o cardeal

O governo de Ontário queria abrir igrejas em abril de 2020, mas o cardeal Thomas Collins, de Toronto, respondeu que era muito cedo, mantendo-as fechadas até 14 de junho, conforme apurou VoxCantor.blogspot.com em 27 de novembro.

O governo não interferiu em nenhuma prática litúrgica, incluindo canto e a Sagrada Comunhão. Foi a Saúde Pública de Toronto que "proibiu" o recebimento normal da Comunhão na língua.

Em 13 de novembro, Collins ameaçou seus padres durante um webinar de que é "muito importante" distribuir a Comunhão apenas na mão, caso contrário, "fecho tudo". Uma semana depois, Collins novamente proibiu a missa em algumas áreas, incluindo Toronto, apesar de o governo permitir liturgias com até dez pessoas.

Fotografia: Thomas Collins © wikicommons, CC BY-SA, #newsVjysvvuuby