pt.news
1220

Arcebispo: A comunhão NUNCA foi tratada tão casualmente quanto na Igreja Novus Ordo

A maneira como as Eucaristias são preparadas e presididas precisa mudar, disse o arcebispo de São Francisco, Salvatore Cordileone, a CatholicNewsAgency.com (20 de novembro). Por exemplo, os fiéis devem se confessar com mais frequência e estar mais preparados para receber a Comunhão com respeito.

A avaliação de Cordileone sobre a situação é condenatória: “Nunca a Comunhão foi tratada de maneira tão casual, em nenhuma das Igrejas Apostólicas, em nenhum dos Ritos Orientais ou no Ocidente”.

Questionado se a "única maneira" de receber a Comunhão de maneira adequada e respeitosa era recebê-la - em vez de empurrá-la para a boca com a mão - Cordileone respondeu: "Eu me pergunto a mesma coisa".

“É muito mais desafiador preservar a reverência à Eucaristia quando ela é entregue nas mãos”, Cordileone explica o óbvio. Às segundas-feiras, os padres encontram hóstias no chão, sob os bancos ou entre as páginas dos hinários. Como pastor, Cordileone usou recepcionistas ao lado do padre para garantir que as pessoas não fugissem com a hóstia.

Recordando que os fiéis costumavam jejuar a partir da meia-noite, antes de receberem a Comunhão de joelhos, ele conclui que precisamos tomar “algum tipo” de medida prática para lembrar as pessoas de quem estão acolhendo quando recebem a Comunhão.

Fotografia: © tlmofsf.com, Traditional Latin Mass Society of San Francisco, #newsOesbqegvcy

Rafael Arruda Nobre shares this
45