pt.news
297

Doze católicos proeminentes resistem à FSSPX quanto a vacinas

Doze católicos que consideram a Fraternidade Sacerdotal de São Pio X uma bênção, entre eles teólogos e médicos, resistem à defesa da FSSPX quanto às "vacinas" contra a Covid-19, especialmente as declarações do padre Arnaud Sélégny da FSSPX.

Eles publicaram um manifesto assinado inglês e alemão.

Esse texto reconhece que Sélégny também está fazendo afirmações corretas, entretanto "ele infelizmente está trabalhando nas mãos dos poderes que usam a praga da Covid para seus propósitos".

Os signatários enfatizam que uma análise teológico-moral de uma ação inclui (1) o objeto, (2) a intenção e (3) as circunstâncias de uma ação, observando uma negligência das circunstâncias no caso das "vacinas" contra a Covid.

O manifesto destaca as admissões de Bill Gates de que ele favorece a redução da população, que as campanhas de vacinação devem ser usadas para esse fim e que a vacinação contra a Covid teve um efeito mínimo em termos de prevenção da doença.

Portanto, o texto conclui que é "um insulto à mente" considerar a campanha de vacinação contra a Covid uma simples medida médica, declarando que esse mal não pode ser interpretado com "sofismas teológicos e morais".

Fotografia: © Mecklenburg County, CC BY-NC, #newsKvjqtbsaop