Clicks143
pt.news

A Gestapo o pegou: famoso pregador bravo é prisão

O pregador protestante Artur Pawlowski e seu irmão foram presos em 8 de maio no caminho de volta de um culto em Calgary, Canadá.

Pawlowski ficou famoso por ter acessos de raiva contra a polícia da Covid, chamando-os de "nazistas" e "Gestapo".

Os irmãos foram acusados de “organizar uma reunião presencial ilegal”. Os policiais chegaram em meia dúzia de carros de patrulha. Eles pararam o carro do pregador dizendo aos dois irmãos que eles estavam "presos".

Os dois ofereceram resistência ajoelhando-se na rua molhada enquanto eram algemados. Em sua casa de oração, Pawlowski nunca se ajoelha. A polícia então os arrastou para um dos carros policiais. Durante a prisão, Pawlowski repetiu sua ladainha sobre nazistas.

Durante as primeiras seis horas, a polícia se recusou a permitir que Pawlowski visse um advogado. Um comunicado policial afirmou que Pawlowski havia recebido uma ordem judicial contra suas reuniões, mas ignorou os requisitos de distanciamento sanitário, uso de máscara e limites de capacidade reduzida para os participantes.

No dia da prisão, 3 (!) dos 4,4 milhões de pessoas em Alberta morreram em decorrência da Covid-19.

#newsWjfrckfidu